Sobre a minha Pintura

Gosto de pintar o que vejo e que me proporcione uma boa composição, seja natureza, espaços urbanos, rurais ou interiores, pessoas, animais ou natureza morta. O tema é, de certa forma, apenas um pretexto para pintar, sem intenção de representar grandes pormenores. Com a minha Pintura pretendo criar um meio fértil para a sensibilidade do espetador disfrutar de algo emocionante. É importante fornecer pistas e criar uma composição percetível para ser lida e aceite pela experiência visual de cada um, mas sem aprofundar demasiado a representação, sob pena de esta se tornar confusa ou defraudar a nossa visão.

Espetáculo de Pintura com o "Pablo Campos Trio", Hendaye (França), 2013

Biennale d'Aquarelle de Brioude, 2011 -com Eugen Chisnicean, Noriko Imaï, Kristof Ludwin e Keiko Tanabe

Lisboa, 2012 - com Keiko Tanabe

Espetáculo de Pintura no Salon International de l'Aquarelle (Aiguillon) 2010